Brasil

Indicado de Bolsonaro para presidir Petrobrás defendeu privatizar a empresa

247 O economista Adriano Pires, confirmado pelo governo federal nesta segunda-feira (28) como novo presidente da Petrobrás, já defendeu a privatização da empresa como solução para evitar a alta nos valores dos combustíveis.

 

De acordo com ele, “a solução definitiva” para conter o aumento de preços de produtores derivados de petróleo “só virá com a privatização da Petrobrás”.

 

“Com o inicio das campanhas eleitorais de 2022, vemos políticos querendo a volta da política da intervenção nos preços da refinaria. Isso representa o retorno das perdas para a Petrobras, desequilíbrio concorrencial, insegurança para realização de investimentos no setor e aumento da dificuldade para o avanço do importante programa de desinvestimento nas refinarias da Petrobras”, disse ele em texto publicado no site Poder 360 em outubro do ano passado.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp