Nordeste

João Azevêdo apresenta Polo Turístico Cabo Branco ao Ministério do Turismo

Após a reunião, o governador da Paraíba também apresentou o Palácio da Redenção à equipe da Secretaria Nacional de Turismo

13/08/2020


Imagem reprodução

Revista Nordeste

O governador da Paraíba João Azevêdo se reuniu, nesta quinta-feira (13), com representantes do Ministério do Turismo, ocasião em que realizou uma exposição sobre o projeto do Polo Turístico Cabo Branco, que disponibiliza lotes para instalação de serviços de hotelaria, animação, comercial e serviços em uma área estratégica de João Pessoa. Após a reunião, o gestor também apresentou o Palácio da Redenção à equipe da Secretaria Nacional de Turismo.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual evidenciou as potencialidades turísticas e a localização estratégica do Estado e destacou a infraestrutura preparada pelo governo para assegurar a atração de investimentos no Polo Turístico Cabo Branco. “Já existem grupos interessados e que nos enviaram propostas, que estão sendo analisadas, e também temos o foco de tornar esse equipamento em um ponto de atração nas áreas de animação e comércio”, comentou.

Ele também ressaltou o trabalho da administração estadual para manter a eficiência na gestão fiscal. “Nós permanecemos com rating B junto à Secretaria do Tesouro Nacional, lançamos um programa de investimentos de R$ 800 milhões em obras para retomar a geração de emprego e renda e garantimos o pagamento dentro do mês dos servidores públicos e dos fornecedores e antecipamos o pagamento do décimo terceiro salário”, sustentou.

O secretário do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano, classificou a reunião como produtiva por representar mais um avanço na consolidação do projeto do Polo Turístico Cabo Branco. “Nós lançamos, recentemente, a segunda etapa, que está focada nas atrações turísticas, e o Ministério se comprometeu a apresentar esse projeto dentro e fora do Brasil, e a Paraíba se prepara para reagir à pandemia o quanto antes, com prioridade nas ações de desenvolvimento econômico e turismo”, disse.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Rômulo Polari, destacou a importância das parcerias para garantir a captação de investimentos. “O projeto é grande, está muito bem estruturado do ponto de vista de modelo de negócio e está em um momento de busca de atração de investidores. Existe uma Secretaria Nacional especializada nisso, o que é uma peça fundamental nesse time para somar a essa ação”, falou.

O secretário executivo do Ministério do Turismo, Daniel Diniz, parabenizou a qualidade do trabalho apresentado pela gestão estadual. “O projeto é completo e agressivo para atração de investimentos. Logo que a pandemia passe, precisamos estar preparados para aproveitar as oportunidades e nós podemos auxiliar nessa facilidade de atração de resorts. O projeto também está situado numa área verde e segue os padrões de sustentabilidade, o que é fundamental para muitos empreendedores”, pontuou.

O secretário nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões, Lucas Fiuza, também elogiou a iniciativa da gestão estadual. “Vocês estão saindo na frente, gerando um novo ambiente de negócio, com segurança jurídica, legislação aprovada e infraestrutura. Podem contar com todo nosso suporte no processo de atração de investidores”, acrescentou.

Também estiveram presentes na reunião, Higino Vieira (secretário executivo adjunto do Ministério do Turismo), Ruth Avelino (presidente da Empresa Paraibana de Turismo – PBTur); Gilson Lira (secretário executivo do Turismo e do Desenvolvimento Econômico); e Adauto Fernandes (secretário executivo da Representação Institucional).

Polo Turístico Cabo Branco – O Polo Turístico Cabo Branco, maior polo turístico planejado do Nordeste, possui uma área de 654 hectares com 35 lotes, sendo 19 para o setor hoteleiro, 5 para o setor de animação, 10 para comercial e serviços e 1 para o setor de eventos.

Um novo edital de chamamento público para a implantação de empresas no Polo Turístico Cabo Branco foi divulgado no final de julho deste ano. Neste segundo edital, estão sendo oferecidos cinco lotes que contemplam além do setor urbanístico hoteleiro, áreas para comércio, serviços e animação turística.

Outro destaque do Polo Cabo Branco é que ele está cercado pela maior reserva ambiental da Paraíba. Através do Decreto nº 37.653/2017, o Parque das Trilhas passa a ser a maior área de conservação de Proteção Integral na Paraíba em Área Urbana, com 578,548 hectares, ficando à frente da Reserva de Vida Silvestre da Mata do Buraquinho, que tem 517,80 hectares e Parque Estadual da Mata do Xém-Xém, com 182 hectares. No local também será instalada uma sede do Batalhão da Polícia Militar Ambiental.

O projeto conta com água, gás, saneamento básico e energia. O Complexo disponibiliza ainda fibra óptica de 10 gigabytes que poderá ser aumentada para 40 Gb ao final de sua implantação.

Com esta ação, o Governo do Estado trabalha para que a Paraíba se destaque não só no turismo cultural, de sol e praia, negócios e eventos, como também seja referência no turismo sustentável, apresentando ao turista a preocupação com o meio ambiente, com a sociedade e a economia paraibana.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.