Brasil

Levantamento da ABEAR aponta poucos voos cancelados no Brasil e diz que empresas não cobram adicional em remarcação

Por Walte Santos

O presidente da ABEAR – Associação Brasileira das Empresas Aéreas -, Eduardo Sanovicz, informou ao site da Revista NORDESTE, através de Nota, que conforme dados obtidos pelas companhias que o índice de cancelamento no Brasil tem sido pequeno e, ainda, sem cobrança de adicionais em caso de remarcação.

Segundo ele, “importante lembrar que 100% das tripulações de nossas associadas estão vacinadas contra a Covid-19 e que a situação está em monitoramento permanente”.

Nota ABEAR

Com o objetivo de sempre informar a todos qualquer alteração na malha aérea, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) reitera a importância de que os passageiros se mantenham informados sobre a situação de seus voos nos sites da companhia de sua escolha, devido ao avanço do contágio da variante ômicron entre alguns colaboradores das empresas. Importante lembrar que 100% das tripulações de nossas associadas estão vacinadas contra a Covid-19 e que a situação está em monitoramento permanente.

Até o momento, a LATAM Brasil anunciou o cancelamento de cerca de 1% dos voos domésticos e internacionais para o mês de janeiro. Na VOEPASS, o impacto é de em torno de 0,4% no mesmo período. GOL, ABAETÉ e RIMA ainda não tiveram de remanejar suas malhas aéreas.

A ABEAR destaca que as suas associadas não cobrarão multas para remarcação de voos nos casos de cancelamentos motivados por diagnóstico de Covid-19 entre seus tripulantes.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp