Brasil

Lira vai contra Bolsonaro e diz não ver espaço para aumento de servidores

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), manifestou a expectativa, nesta quinta-feira, que o Senado mantenha a maior parte do texto da PEC dos Precatórios aprovado pela Câmara, e disse desconhecer a possibilidade de margem fiscal para concessão de reajuste de servidores, como foi sinalizado pelo presidente Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE

O deputado, que se reuniu com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e o relator da proposta, o líder do governo na Casa, Fernando Bezerra (MDB-PE), admitiu que podem ser feitos “ajustes” à PEC, mas avaliou que não devem ocorrer “grandes modificações” no texto. Ele disse torcer para que o Senado mantenha 95% do texto aprovado pela Câmara.

 Reuters


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp