Brasil

Lula: Alckmin e eu iremos reconstruir o Brasil “porque somos dois democratas”

“Eu mudei, o Alckmin mudou e acho que o Brasil precisa dessa mudança. Exercemos a democracia e temos como prova nossos mandatos”, declarou o ex-presidente

247 – O ex-presidente Lula (PT) em entrevista nesta terça-feira (5) à Rede T, rádio do Paraná, falou claramente sobre sua iminente aliança com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB).

Ele afirmou que na sexta-feira (8) haverá uma reunião em que o PSB proporá formalmente Alckmin para ser candidato a vice-presidente na chapa presidencial encabeçada pelo petista. O PT, então, discutirá o nome de Alckmin. Fato é que já é dada como certa a chapa Lula-Alckmin.

Questionado sobre o histórico de disputas entre PT e PSDB e entre ele próprio e Alckmin, Lula afirmou que o Brasil mudou e que precisa ser reconstruído. O petista afirmou que tanto ele quanto Alckmin são democratas e que por isso dariam certo como presidente e vice-presidente. “Eu mudei, o Alckmin mudou, o Brasil mudou e acho que o Brasil precisa dessa mudança para que a gente possa reconstruir o Brasil. Eu fui adversário do Alckmin, não inimigo. Feliz era o Brasil no tempo em que a polarização era entre dois partidos democratas, PT e PSDB. Feliz era o país que tinha a disputa entre Lula e Fernando Henrique Cardoso, Serra, Dilma. Você tinha um debate civilizado, sobre programa de governo. O Alckmin mudou de partido, eu tenho dito que não quero ser candidato apenas do PT, é preciso eu ser candidato de um movimento que esteja disposto a reconstruir e devolver a democracia a esse país, a fortalecer as instituições para que elas possam garantir o exercício democrático de quem governa esse país. Esse governo efetivamente não gosta de democracia”. 

“Eu e o Alckmin podemos estar juntos na chapa. Vou ter uma reunião na sexta-feira em que o PSB  vai propor o Alckmin de vice e isso nós vamos levar para discutir no PT. E nós estivermos juntos, vamos reconstruir o Brasil, porque somos dois democratas, gostamos da democracia, exercemos a democracia e temos como prova os exercícios dos nossos mandatos”, completou.

*brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp