NORDESTE

Lula exalta protagonismo do Piauí na transição energética: “está pronto para outra revolução”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destacou nesta sexta-feira (21) que a transição energética será um dos principais focos do seu governo. A gestão estima que os investimentos no setor de energias renováveis seja R$ 200 bilhões até 2028. Também foi assinada a autorização para a contratação de 1.351 unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida em seis municípios do estado.

 

“Esse estado é a ‘coqueluche’ do Brasil na produção de energia renovável. Já produz seis vezes mais do que consome. Virou exportador. E agora quer ser exportador de hidrogênio, de aço verde, de soja verde. Um volume muito expressivo”, afirmou durante evento em Teresina.

 

INSTITUTO FEDERAL, GESTÃO E INOVAÇÃO

 

A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, e o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, Paulo Borges da Cunha, assinaram contrato de cessão de uso gratuito de imóvel da União no centro de Teresina, com área de 3.584 m², para a implantação de polo de inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí. A obra fomentará a inovação e apoiará o desenvolvimento econômico e social do Estado.

 

O governador Rafael Fonteles, a ministra Esther Dweck e a presidente em exercício da Fundação Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Natália Teles da Mota, também assinaram Acordo de Cooperação de adesão do Piauí ao Programa Nacional de Gestão e Inovação para a Melhoria da Gestão Estadual e das Prefeituras do Estado.

 

COTAS PARA MULHERES 

 

Rafael Fonteles, Esther Dweck e a Secretária das Mulheres do Governo do Piauí, Zenaide Lustosa, assinaram ainda o Acordo de Cooperação Técnica para garantir cotas para mulheres em situação de violência nas contratações públicas federais.

 

Trata-se da implementação do Decreto 11.430/2023, que estabelece percentual mínimo de 8% de vagas para as mulheres em situação de violência doméstica e familiar nas contratações públicas dos órgãos e entidades federais no Piauí, o que representa mais de 100 vagas estaduais. A iniciativa contribui para a ruptura dos ciclos de violência e vulnerabilidade.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp