Brasil

Lula fala sobre como será seu retorno: “não tem vingança”

Ex-presidente Lula, que foi preso pelas classes dominantes para que Jair Bolsonaro e o fascismo chegassem ao poder no Brasil, diz que não tem intenção de se vingar caso retorne ao poder

247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou as redes sociais para afirmar que, se eleito em 2022, não buscará vingança em função da prisão política a que foi submetido para que fosse impedido de disputar as eleições de 2018. Segundo ele, a ascensão do fascismo no Brasil se deve, em parte, à negação da política feita pela imprensa na época. 

“Parte do que está acontecendo hoje tem a ver com o comportamento que a imprensa teve comigo, negando a política. Mas não tem vingança. Me preparei na prisão pra enfrentar aquele momento. Passou. Venci. Provei que o que eu dizia era verdade. Estou livre. Vamos pra luta”, postou Lula no Twitter.

Confira a postagem de Lula sobre o assunto.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp