Política

Lula ficará uma semana em Brasília com ‘agenda de presidente’

Lula passará a próxima semana em Brasília com uma agenda presidencial: irá se encontrar com os embaixadores de Rússia e China na segunda, para falar sobre a relação dos países com o Brasil e sobretudo sobre a questão da pandemia de Covid-19 e das vacinas; visitará os presidentes do Senado e Câmara para tratar de temas institucionais; e receberá parlamentares de diversos partidos, líderes políticos e funcionários de carreira da alta administração federal. Se, apenas com um discurso, logo depois da anulação de suas condenações pela Lava Jato, em 10 de março, mudou o cenário político brasileiro, ainda não é possível mensurar o efeito de sua passagem por Brasília -o certo é que o impacto sobre a conjuntura será enorme. Lula embarca a Brasília depois de ter tomado a segunda dose da Coronavac.

Um dos inúmeros encontros previstos é com o senador Fabiano Contarato (Rede-ES), estreante no Senado, o primeiro da Casa a assumir abertamente sua homossexualidade e que tem se destacado como um dos mais proeminentes senadores de primeiro mandato. Deve ser oficializada no encontro a filiação de Contarato ao PT e anunciada sua candidatura ao governo do Espírito Santo.

Há preocupação com a segurança de Lula em sua viagem devido à agressividade sem limites dos bolsonaristas. Lula tem uma segurança pessoal que lhe é garantida pela condição de ex-presidente e estão sendo tomadas cautelas adicionais por seu partido.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp