Brasil

Lula pede 1 minuto de silêncio por Bruno e Dom, mortos por “bandidos fascistas e milicianos”

O ex-presidente também alertou para o garimpo e para a pesca ilegal em terras indígenas

 

247– O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu nesta quarta-feira (16), durante evento em Natal (RN), um minuto de silêncio em homenagem ao jornalista inglês Dom Phillips e ao indigenista da Fundação Nacional do Ìndio (Funai) Bruno Pereira.

 

De acordo com o ex-presidente, os dois foram “barbaramente torturados por bandidos fascistas e milicianos que estão tentando ocupar a Amazônia para garimpar nas terras indígenas e para pescar os peixes que nossos indígenas são obrigados a pescar”.

 

Vice de Lula, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB ) aproveitou para criticar os ataques de Jair Bolsonaro (PL) ao sistema eleitoral brasileiro. 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp