Nordeste

Manifestações culturais ganham espaço em festas juninas no Nordeste

Junho chegou dando início ao período de comemoração das festas juninas. Muita fé, alegria e diversão tomam contas dos arraiais. As bandeiras coloridas, barracas de palha, fogos de artifício, camisas xadrez, chapéus de palha ou de couro e comidas típicas ajudam a compor o cenário.

 

Em todos os cantos, diferentes manifestações culturais ganham espaço nos terreiros. Neste ano, a festa ganha um apelo maior, pois é realizada após dois anos de paralisação por causa da pandemia de covid-19.

 

No Nordeste, os festejos juninos compreendem os dias de Santo Antônio (13), São João (24) e São Pedro (29) e exaltam a identidade da região. As celebrações são embaladas por forrós, quadrilhas, grupos de coco, tambor de crioula e batalhões de bumba-meu-boi.

Entre as festas mais populares se destacam as de São Luís (MA), Caruaru (PE), Campina Grande (PB), os principais destinos para turistas e amantes dos festejos juninos. Além destes, há muita comemoração na Bahia, no Ceará, em Alagoas, e nos demais estados da região.

É importante lembrar que, em razão da pandemia, muitos organizadores criaram espaços para aplicação da vacina contra a covid-19. Em outros locais, será cobrada a apresentação de comprovante de vacinação para  participar.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp