Nordeste

Maranhão: Roberto Rocha se lança à reeleição ao Senado com apoio de 11 partidos

O senador bolsonarista Roberto Rocha (PTB-MA) anunciou o apoio de onze partidos à sua candidatura à reeleição ao Senado. No anúncio, feito na segunda-feira (2),  Rocha esteve acompanhado de representantes do Republicanos, PL, AVANTE, Patriota, PDT, PSD, PSC, Agir, PMN e Pros, além do PTB. A aliança – que reúne três candidatos a governador, Weverton Rocha (PDT), Edivaldo Holanda Júnior (PSD) e Lahesio Bonfim (PSC) –  visa barrar a candidatura do ex-governador Flávio Dino (PSB) para a Casa Alta.

 

Segundo pesquisa Escutec divulgada esta semana, Dino lidera a corrida ao Senado com 55% das intenções de voto, seguido por Roberto Rocha, com 20%, Pastor Bel, com 5%, e Antonia Cariongo, com 1%.

 

O jornalista Ricardo Noblat usou o Twitter para lembrar que, até o início da semana, Weverton disputava o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à sua candidatura pela chefia do Executivo maranhense.

 

“O senador bolsonarista Roberto Rocha (PTB-MA) ganhou hoje o apoio para se reeleger do PDT de Weverton Rocha. Weverton cobiçava até ontem o apoio de Lula para se eleger governador do Maranhão”, postou Noblat na rede social.

 

Um dos pontos que pode ter feito com que o pedetista tenha anunciado o apoio à candidatura de Roberto Rocha ao Senado é a aliança nacional do PT com o PSB.  Neste caso, apesar de divergências internas, o PT estadual tende a apoiar a Flávio Dino em troca do apoio à candidatura presidencial de Lula.

 

Pesquisa Escutec divulgada neste domingo (1) aponta que o governador Carlos Brandão (PSB), candidato à reeleição, lidera a corrida pelo governo estadual e Weverton aparece em segundo lugar.

com 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp