Brasil

Marcelo Queiroga mantém otimismo no combate à Covid-19 e defende o uso de máscara e medidas de higienização, em agenda na Paraíba

Em pronunciamento durante a entrevista coletiva concedida, nesta sexta-feira (16), no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), na Universidade Federal da Paraíba (HULW), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a defender o uso de máscaras e as medidas básicas de profilaxia contra o coronavírus, como lavar as mãos e evitar aglomerações.                A afirmação vai na contramão do presidente Jair Bolsonaro, que manteve posições negacionistas em relação a pandemia e tem feito aparições públicas sem o uso de máscara.

Ainda durante a coletiva, Marcelo Queiroga se mostrou otimista no combate à Covid-19. “Hoje nós temos uma esperança. Essa esperança decorre do avanço da ciência. A ciência é o que se produz nesta casa, Universidade Federal da Paraíba, um patrimônio de todos os brasileiros”.

Marcelo Queiroga ainda acrescentou que o Ministério da Saúde tem se empenhado muito em dar apoio aos Estados e municípios, oferecendo suporte técnico, quando necessário, bem como insumos estratégicos para o sistema de saúde, a exemplo de Equipamentos de Proteção Individual, medicamentos e oxigênio.

*wscom


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp