Brasil

Maurício Souza se reúne com bolsonaristas, que querem lançá-lo à Câmara

Após se envolver em uma polêmica na qual foi acusado de homofobia e, por consequência, ser demitido do Minas Tênis Clube, o jogador de vôlei Maurício Souza já articula com bolsonaristas seus objetivos políticos para 2022.

 

Segundo o deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ), o plano é convencer Maurício a se lançar candidato à Câmara dos Deputados no próximo ano. “É importante ele pensar em ingressar na política, porque precisamos de pessoas com coragem de falar o que pensam. O que o Maurício pensa representa o que a maioria dos brasileiros pensam”, disse.

 

Para o atleta, a carreira política se tornou uma opção interessante em razão da dificuldade para encontrar um novo clube. “No futuro vai ser difícil um time querer me contratar, por tudo o que aconteceu, pela repercussão que deu. Manchou minha carreira profundamente com isso. Talvez tenha até acabado, talvez eu não jogue mais voleibol”, declarou Maurício no canal bolsonarista ConservaTalk, que contou com a participação dos ex-ministros Ricardo Salles e Abraham Weintraub.

247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp