Nordeste

Medalha do Mérito Renascença é entregue a 47 personalidades no Piauí

Em alusão aos 199 anos da adesão do Piauí à Independência do Brasil, o Governo do Estado realizou, nessa terça-feira (19), a entrega de medalhas do Mérito Renascença a 47 personalidades que contribuem de alguma forma com desenvolvimento do Estado. A solenidade aconteceu no Theatro 4 de Setembro, em Teresina.

 

O governador Wellington Dias destacou que o aniversário do Piauí é um momento para celebrar. “Nesta data do aniversário do Piauí, a gente de um lado agradece a Deus, homenageia essas pessoas que ajudam nessa construção, o setor privado pequeno, médio, grande, e ao mesmo tempo, também, garantir aquele reconhecimento dos nossos heróis do passado. Eles tinham um ideal, de que sempre trabalha com liberdade, democracia, com maturidade e, principalmente, com ideal de desenvolvimento”, disse o governador.

 

O medalhista de prata nos jogos paralímpicos de Tóquio 2021 foi um dos homenageados. “Estou muito feliz em receber esse convite de poder estar aqui mais uma vez representando a paracanoagem do nosso país, eu que fui medalhista mundial nos Jogos Paralímpicos e pude representar o nosso Piauí, para mim é uma honra receber hoje essa homenagem do governador”, disse Luís Carlos.

 

Na oportunidade, o chefe do executivo piauiense enfatizou as mudanças que o Piauí tem passado. “A nossa educação está entre as doze melhores do Brasil. Se a gente examinar está área de infraestrutura somos um estado que evoluiu muito nas áreas de energia, água e comunicação. Ainda temos que avançar dessa área de saneamento e de lixo. Na área da segurança temos a melhor posição de mais baixo homicídios do Nordeste. A expectativa de vida aumentou é isso indica que tivemos evolução na qualidade de vida. Temos condições de prosseguir, temos maior carteira de investimentos em andamento”, comentou.

Na solenidade, o governador Wellington Dias também deu posse ao conselho que vai trabalhar as atividade dos 200 anos do Piauí, que vai até 2023. “É um conselho composto por intelectuais, cientistas, pessoa dos setor público e privado que vão ter a responsabilidade de trabalhar um cronograma com filmes, livros, homenagens para resgatar conhecimentos e reviver a memória para ter um planejamento futuro”, comentou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp