Pernambuco

Mega operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro tem bloqueio de R$ 1,8 bilhão e 75 mandados de prisão em 16 estados

Denominada Smurfing, ação é coordenada pela Polícia Civil de Pernambuco, que iniciou as investigações a partir de uma organização criminosa de Ipojuca, no Grande Recife.

 

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, nessa quinta-feira (17), uma operação conjunta com 75 mandados de prisão e 45 de busca e apreensão domiciliar, sequestro de bens e bloqueio de ativos para 16 estados. Segundo a corporação, a Justiça decretou o bloqueio de R$ 1,8 bilhão de ativos e bens, entre eles uma aeronave.

Os alvos são suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em uma organização criminosa com atuação nacional. Durante os cumprimentos de mandados, foram apreendidas armas, documentos e outros bens.

Além de Pernambuco, os mandados foram emitidos para Rio Grande do Norte, Amazonas, Piauí, Maranhão, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do SulGoiásParaná, Alagoas, São PauloAcre, Minas Gerais e Bahia. 

Denominada Smurfing, a operação partiu de uma investigação que era realizada a partir de uma organização criminosa de Ipojuca, no Grande Recife, desde novembro de 2018.

Segundo a Polícia Civil, foram identificados “braços” financeiros e operacionais da organização criminosa em vários locais do país. A corporação definiu essa como a “maior e mais abrangente operação de repressão qualificada de sua história”.

A partir da investigação em Ipojuca, os policiais acompanharam o caminho do dinheiro obtido através do tráfico, passando pelos operadores financeiros e empresas utilizadas por uma organização criminosa para lavagem de dinheiro.

As apurações, ainda de acordo com a corporação, revelaram uma relação dos envolvidos com investigados na Bolívia, sobretudo alvos residentes na região de fronteira. As informações indicaram que a região é, provavelmente, uma das rotas pelas quais drogas ilícitas com origem boliviana entram no país.

Smurfing é uma tipificação de lavagem de dinheiro, que consiste no fracionamento de uma grande quantia em pequenos valores, de modo a escapar do controle administrativo, camuflando assim transferências e operações financeiras.

Todos os mandados foram emitidos pela Vara Criminal de Ipojuca, no Grande Recife. Em Mato Grosso, foram 30 mandados de prisão cumpridos e uma pista clandestina de pouso foi identificada em uma fazenda em Comodoro, onde também foram apreendidas armas de fogo e munições.

A Polícia Civil de Pernambuco apontou que, além das polícias estaduais, a operação é realizada em parceria com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Outros detalhes devem ser divulgados em “momento oportuno”, segundo a corporação.

Cidades para onde foram emitidos mandados:

Acre: Rio Branco

Alagoas: Rio Largo e Maceió

Amazonas: Manaus

Bahia: Juazeiro

GoiásTrindadeAparecida de Goiânia e Goiânia

Maranhão: São Luís e Estreito

Mato Grosso do Sul: Corumbá

Mato Grosso: CuiabáVárzea GrandeCampo VerdeJuínaPontes e Lacerda e Comodoro

Minas Gerais: Santa Luzia

Paraná: Umuarama

Pernambuco: RecifePetrolinaCabo de Santo AgostinhoOlindaPaulistaLimoeiroIgarassuCarpinaAbreu e Lima.

Piauí: Teresina

Rio Grande do Norte: Parnamirim e Natal

Rondônia: Porto Velho

Roraima: Boa Vista

São PauloSão Paulo

 

g1pe


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp