Brasil

Milton Ribeiro deverá explicar ao Senado esquema de propinas no MEC

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou nesta quinta-feira (24) requerimento de convite do ministro da Educação, Milton Ribeiro, para que preste explicações sobre a existência de um possível gabinete paralelo da pasta, que coordena um esquema de propina e facilitação de liberação de recursos.

 

A ida do ministro à Casa ficou agendada para a próxima quinta-feira (31).

 

O requerimento foi apresentado como de “convocação” do ministro, modalidade em que ele é obrigado a comparecer. Após intervenção de senadores da base governista, porém, foi aprovado um “convite”. A data também foi alterada. Inicialmente o ministro deveria comparecer na terça-feira (29). A mudança ocorreu a pedido do senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO).

 

Revelou-se nos últimos dias que pastores ligados a Ribeiro e com livre trânsito na Esplanada dos Ministérios e Palácio da Alvorada pedem propina a prefeitos para facilitar o encontro destes com o ministro da Educação e a liberação de recursos da pasta para seus municípios.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp