Pernambuco

Morre Joaquim Francisco, ex-governador de Pernambuco, aos 73 anos

O ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco, de 73 anos, faleceu nesta terça-feira (3). Ele estava internado no Real Hospital Português de Beneficência, no Recife. Joaquim chegou a passar por uma cirurgia para um câncer de próstata e estava se recuperando, porém a doença entrou em metástase.

Além do Governo de Pernambuco, Joaquim Francisco também comandou a Prefeitura do Recife, foi deputado federal e ministro do Interior no governo José Sarney, em 1987. Ele deixa esposa e filhos. 

Luto na Política

A morte de Joaquim Francisco causou comoção e manifestação de personalidades da política pernambucana. O governador Paulo Câmara (PSB), afirmou que Pernambuco perdeu “um dos seus filhos mais ilustres” e que Joaquim Francisco foi “um homem de diálogo e extremamente dedicado à sua terra e ao seu povo”.

“Ingressou cedo no serviço público chegando até o cargo de procurador. Joaquim também tinha a política no sangue. Foi secretário estadual, deputado federal por sucessivos mandatos, ministro do Interior e prefeito do Recife em duas ocasiões. E teve a honra de governar seu Estado, no período de 1991 até 1994. Estamos decretando luto oficial em Pernambuco por sete dias em sua memória, e queremos manifestar nossa solidariedade, neste momento de profunda tristeza, aos seus familiares e amigos. Em especial à sua esposa Sílvia, suas filhas e genros, e ao seu sobrinho José Neto, nosso secretário da Casa Civil”, disse o governador. 

João Campos (PSB), prefeito do Recife, decretou sete dias de luto oficial na capital pernambucana pela morte de seu ex-prefeito, e reconheceu o legado de Joaquim Francisco no comando da cidade. “De longa e expressiva trajetória política e atuação no serviço público, sua passagem à frente de nossa cidade foi marcada pela dedicação e compromisso com os recifenses. Meus mais profundos sentimentos à sua família e amigos. Que possam encontrar conforto nesse momento de dor”, disse João Campos.  

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), afirmou que o estado “perdeu hoje um de seus grandes líderes”. “Em meu nome e de todos que fazem o PSDB, seu último partido político, o nosso reconhecimento a esse grande homem público por toda uma vida dedicada a Pernambuco e a defesa dos ideais democráticos. A sua família e inúmeros amigos, a nossa solidariedade neste momento de despedida”, disse Lira. 

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros (PP), lamentou afirmando que Pernambuco se despede de “uma das grandes referências da sua história política”. “Recebemos, com muita tristeza, a notícia da morte do ex-governador Joaquim Francisco, um homem devotado à missão de ajudar Pernambuco com seu conhecimento, com a sua garra e sua liderança”, declarou o deputado.

“Admirava sua disposição de compartilhar a vasta experiência, preocupado em colaborar com o desenvolvimento do nosso Estado. Sentiremos falta da sua postura séria e respeitável. A Assembleia Legislativa de Pernambuco está de luto pelo seu falecimento. Transmito meus sentimentos aos seus familiares e amigos, rogando a Deus que ele possa descansar em paz”, completou Eriberto.

O deputado federal Daniel Coelho também demonstrou pesar pelo falecimento de Joaquim Francisco. “Meus sentimentos para todos amigos e familiares do ex-governador Joaquim Francisco. Em 2016, Joaquim foi para mim um apoiador e conselheiro. Para Pernambuco, um homem público sério, competente e realizador. Que Deus dê conforto e paz à sua família nessa hora difícil”, disse o deputado.  

A deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB), demonstrou pesar com o falecimento de Joaquim Francisco, a quem ela afirmou ter “profunda admiração pelo político inspirador e por sua história no nosso estado como governador de Pernambuco, prefeito do Recife e deputado federal”.

“Nosso último encontro foi on-line, há um ano, durante o Projeto 100 Dias, quando o convidei para palestrar aos tucanos sobre os desafios de uma eleição marcada pela pandemia. Sentar para ouvir suas histórias era sempre agradável, foram verdadeiros momentos de aprendizado. Pernambuco perde com sua partida. Meus sentimentos à família”, disse a deputada. 

Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB, escreveu em seu Twitter que recebeu com “profunda tristeza” a notícia do falecimento do ex-governador de Pernambuco. “Tive a honra de começar a minha vida pública como seu oficial de gabinete no governo de Pernambuco. Conciliador, firme, homem de palavra. Nunca abriu mão de seus princípios. Governador, prefeito do Recife, ministro de Estado, deputado federal. Honrou como poucos a tradição pernambucana. Exemplo de homem público, fará muita falta. Hoje perdi um amigo, um conselheiro. Meus sentimentos a sua esposa, Silvia, às filhas e netos e a todos os milhares de amigos e admiradores que Joaquim cultivou ao longo dos anos”, publicou ele.

A Câmara de Vereadores do Recife publicou, por meio de seu Twitter, uma nota de pesar pela morte do político. “A Câmara Municipal do Recife lamenta profundamente a morte do ex-prefeito do Recife e ex-governador de Pernambuco Joaquim Francisco. Ele nos deixa precocemente, após lutar com bravura contra um câncer. Um homem que pautou sua vida pública com sinceridade e ética”, publicou a conta da Casa de José Mariano.

 

*DP


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp