Pernambuco

Morre Rubinho Valença, aos 56 anos, Ex-presidente da Fundarpe e um dos idealizadores do Festival de Inverno de Garanhuns

Segundo a família, ele estava internado há mais de um mês no Hospital Jayme da Fonte, na Zona Norte da cidade, e faleceu nesta segunda (13). Velório será na terça (14), em Paulista.

 

O ex-presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) Rubinho Valença morreu, nesta segunda-feira (13), no Recife.

Um dos idealizadores do Festival de Inverno de Garanhuns, no Agreste, ele tinha 56 anos e estava internado no Hospital Jayme da Fonte, na Zona Norte, com problemas cardíacos.

Segundo a família, Rubens Valença Filho estava internado há mais de um mês. Ele chegou a ficar por 20 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Fred Valença, irmão de Rubinho disse que ele morreu às 18h30 desta segunda.

Ainda segundo Fred, o velório de Rubinho Valença será realizado das 10h às 16h de terça (14), no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife. O ex-presidente da Fundarpe deixou mulher e uma filha.

Fred afirmou que Rubinho vinha trabalhando, nos últimos anos, como advogado. Conhecido na cena musical local, também atuou como produtor de Alceu Valença, com que escreveu algumas músicas.

Repercussão

Por meio de nota, a Fundarpe lamentou a morte de Rubinho Valença. Segundo o órgão, na gestão dele, surgiu o Festival de Inverno de Garanhuns, em 1991.

A ideia era fazer um evento que reunisse diversas linguagens artísticas numa cidade do Agreste do estado. “A importância dele para a cultura do estado vai muito além desse marco”, declarou o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto.

g1pe


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp