Brasil

Motoboy fazia pagamentos a Roberto Dias na época em que ele aprovou aditivo abusivo em contrato com a VTCLog

Na CPI, a senadora Simone Tebet cruzou datas de saques feitos por Ivanildo: “foi quando o governo federal deixou de fazer serviço simples de armazenamento de medicamentos e terceirizou para VTCLog”

247 – A senadora Simone Tebet (MDB-MS) cruzou  datas de saques feitos pelo motoboy Ivanildo Gonçalves Dias e pontuou que a movimentação começou quando o governo federal deixou de fazer serviço simples de armazenamento de medicamentos e terceirizou para VTCLogA mudança ocorreu em 2018, quando Ricardo Barros, atual líder do governo na Câmara, era o ministro da Saúde. 

“Provavelmente os depósitos e saques que começaram em 2018 e foram pagos até janeiro 2019. Exatos dois anos depois aparece o segundo depósito. Estes primeiros depósitos provavelmente se referem ao ano de 2018 quando a VTCLog teve o grande contrato milionário firmado na época do ministro Ricardo Barros e depois do ministro Gilberto (Ochi)”, disse a parlamentar. 

“Ali foi quando o governo federal deixou de fazer serviço simples de armazenamento simples medicamentos, barato, com apenas 150 funcionários no Brasil, continuou com estes funcionários, mas terceirizou o serviço com a VTCLog . Dá a sensação de que estes depósitos soltos são referentes a contratos de 2016 e 2018. Fica dois anos sem e depois vem a pandemia, vem aditivos e uma série de saques em dinheiro mensais”, completou.

*Brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp