Pernambuco

Mulher trans que foi incendiada no Recife está em estado grave

No mês do orgulho LGBTQIA+ mais uma mulher trans foi vítima de transfobia. A transexual Roberta, 40, – que não teve o seu sobrenome revelado – foi queimada viva na noite da última quarta-feira (23) em um ponto no Centro de Recife, no Cais de Santa Rita e seu quadro se agravou nas últimas horas.

 

A ativista Ana Flor relatou em postagem no Twitter que o quadro de Roberta é grave. “A situação de Roberta, travesti incendiada viva em Recife, é MUITO grave. Devido às queimaduras, Infelizmente, Roberta precisou amputar um braço. Nesse momento, Roberta precisa de ajuda”, disse.

 

Ela também informou que um ato será realizado nesta segunda-feira, às 15 horas, no Recife, cobrando o fim do transfeminicídio.

Com 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp