Brasil

Na CPI da COVID, médica Luana Araújo fala em “politização esdrúxula” do governo na pandemia

247– A médica infectologista Luana Araújo criticou, nesta quarta-feira (2), na CPI da Covid, o que ela chamou de “politização esdrúxula” sobre as ações do governo Jair Bolsonaro na pandemia do coronavírus.

“Por essa polarização esdrúxula, politização incabível maiores talentos não estavam à disposição, não queriam trabalhar na secretaria. Temos cérebros incríveis nesse país”, disse ela.

A médica chegou a ser anunciada como secretária de Enfrentamento à Covid do Ministério da Saúde, mas foi afastada dez dias depois pelo ministro Marcelo Queiroga. “O que sei é que houve essa confusão toda de imprensa e minha nomeação não saiu”, complementou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp