menu

Brasil

09/10/2013


ACM Neto diz que o DEM foi partido que menos perdeu com trocas de legendas

NA BAHIA

A despeito das perdas de nomes como Heráclito Fortes e Paulo Bornhausen, que se filiaram ao PSB, o prefeito de Salvador, ACM Neto, acha que o Democratas (DEM) perdeu menos que outras legendas neste período de troca de partidos. “Não dá para comparar o partido hoje com a época que o PSD não existia”, disse. Aliado do PSDB nas últimas cinco eleições presidenciais, o DEM quer reforçar sua posição nos Estados. Para isso, a ordem é dar liberdade aos diretórios estaduais para que articulem alianças.
Segundo ACM Neto, eleger deputados estaduais e federais e montar palanques fortes para 2014 são discussões que vêm antes da decisão sobre quem apoiar para o Planalto ou sobre o eventual nome a ser indicado para vice na chapa do PSDB. “Não é momento de tomar nenhuma posição. Todo mundo sabe qual é a nossa história, a nossa trajetória, quais são os nossos parceiros. Mas isso não significa que vamos estar fechados a dialogar com outras possibilidades. Acho que está cedo para tentar carimbar o destino do DEM para as eleições do ano que vem”, disse o prefeito, ao Estadão.
Para ACM, a aliança entre Marina Silva e o PSB fortalece a candidatura de Campos, mas não é possível prever todas as consequência da união dos dois presidenciáveis.

iG Bahia

Notícias relacionadas