menu

Brasil

18/04/2016


Bancada da Bahia teve segunda maior votação contra o Impeachment

A bancada da Bahia, quarta maior na Câmara dos Deputados, foi a segunda a ter maioria de votos contra a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Dos 39 representantes da Bahia, 20 votaram contra o impeachment, 17 a favor e dois se abstiveram.

O placar final foi de 367 a favor do prosseguimento do impeachment e de 137 contra a admissibilidade do afastamento de Dilma. Sete deputados se abstiveram do voto e dois se ausentaram. O quorum foi de 511 parlamentares. O julgamento agora segue para o Senado, que dará a palavra final.

Confira abaixo como votou cada parlamentar baiano.

Contra

Afonso Florence (PT), Alice Portugal (PC do B), Antônio Brito (PTB), Bacelar (PTN), Bebeto (PSB), Caetano (PT), Daniel Almeida (PC do B), Davidson Magalhães (PC do B), Félix Mendonça Júnior (PDT), Fernando Torres (PSD), Jorge Solla (PT), João Carlos Bacelar (PR), José Nunes (PSD), José Carlos Araújo (PR), José Rocha (PR), Moema Gramacho (PT), Paulo Magalhães (PSD), Roberto Britto (PP), Ronaldo Carletto (PP), Sérgio Brito (PSD), Valmir Assunção (PT), Waldenor Pereira (PT).

A favor

Antônio Imbassahy (PSDB), Arthur Oliveira Maia (PPS), Benito Gama (PTB), Claudio Cajado (DEM), Elmar Nascimento (DEM), Erivelton Santana (PEN), Irmão Lázaro (PSC), João Gualberto (PSDB), José Carlos Aleluia (DEM), Jutahy Junior (PSDB), Lúcio Vieira Lima (PMDB), Márcio Marinho (PRB), Paulo Azi (DEM), Uldurico Junior (PV) e Tia Eron (PRB).

Abstenção

Cacá Leão e Mário Negromonte Jr., ambos do PP.

Notícias relacionadas