menu

Ceará

01/10/2013


Conferência discute em Fortaleza o Sistema Único de Assistência Social

Ceará

Escolha dos delegados durante Conferância Municipal de Assistência Social em 8 de agosto (Foto: Kaio Machado)
Representantes do Governo Estadual, municípios e sociedade civil estarão reunidos, entre os dias 2 e 4 outubro, na X Conferencia Estadual de Assistência Social, com o objetivo de analisar, propor e deliberar, com base na avaliação local, as diretrizes para a gestão e financiamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). O evento será realizado no Ponta Mar Hotel (Av. Beira Mar, 2200 – Meireles) e contará com a participação de 15 delegados da gestão municipal de Fortaleza.

A Conferência Estadual terá como tema central das discussões “a Gestão e Financiamento na Efetivação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)”, com base nos seguintes eixos: Cofinanciamento obrigatório da Assistência Social; Gestão do SUAS; Gestão do Trabalho; Gestão dos Serviços, Programas e Projetos; Gestão dos Benefícios no SUAS; e Regionalização. O evento é realizado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e o Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS-CE).

Os representantes da Prefeitura de Fortaleza na etapa estadual foram escolhidos na Conferência Municipal de Assistência Social realizada pela Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra), em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), nos últimos dias 7 e 8 de agosto, reunindo mais de 350 pessoas. Durante esse período, os participantes discutiram sugestões para os problemas e possíveis avanços da Política de Assistência Social, com base na efetivação e financiamento do SUAS, tema escolhido pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) para todas as etapas das Conferências.

Antes da realização da etapa municipal, a Prefeitura realizou quatro encontros preparatórios, as Pré-Conferências, envolvendo a população de todas as Regionais da cidade. Durante estes encontros, realizados nos últimos meses de junho e julho, os participantes conheceram o tema e aprofundaram os eixos da Conferência e elegerem os delegados para a etapa municipal.

As Conferências de Assistência Social são espaços democráticos, deliberativos e participativos que visam, sobretudo, avaliar e conferir as ações realizadas em anos anteriores e a definição dos rumos a serem adotados nos anos seguintes. São realizadas a cada dois anos, pelas esferas municipal, estadual e federal para avaliar e discutir as melhorias para a Política de Assistência Social. 

Notícias relacionadas