menu

Política

13/04/2016


“Cunha na cadeia” é um dos assuntos mundiais mais comentados no Twitter

 

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi alvo de um "tuitaço" na tarde desta sexta-feira (17). O protesto online ocorreu após ele ser citado em delação premiada na Operação Lava Jato por Júlio Camargo, consultor da Toyo Setal, como destinatário de propina no valor de US$ 5 milhões e ter anunciado oficialmente o rompimento com o governo federal.

A hashtag #CunhaNaCadeia entrou nos Trending Topics mundiais da rede social e, às 19h desta sexta-feira, ocupava a segunda colocação na lista global. A grande maioria dos tweets criticava o parlamentar, mas houve quem aproveitasse a hashtag para atacar o PT e defender abrangência e a continuidade das investigações do juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato.

Está previsto, também, para esta sexta-feira, às 20h25, um pronunciamento em rede nacional do deputado, em que ele deve anunciar suas principais realizações na presidência da Câmara. Manifestantes prometem fazer um "barulhaço" em protesto contra a atuação do parlamentar em Brasília.

Notícias relacionadas