menu

Brasil

22/05/2020


Defesa do ex-governador Ricardo Coutinho volta a denunciar perseguição do MP, diz que provará inocência e espera Justiça

Por Walter Santos

O advogado Eduardo Cavalcanti enviou ao Portal WSCOM nota em que a defesa do ex-governador do Estado, Ricardo Coutinho , acusa a ação do Ministério Público de apresentar nova ação contra o líder do PSB como perseguição típica de “blitzkrieg” informando que provará a inocência de RC, por isso exige justiça.

– Sobre a recente denúncia do Ministério Público em desfavor do ex-governador Ricardo Coutinho, a defesa se vê mais uma vez perplexa e lamenta a incessante iniciativa persecutória do MP contra um cidadão e sua família”, revela o advogado.
Para ele, “ a acusação se funda, novamente, em meras ilações e delações premiadas, o que é ilegal, pois foram celebradas por pessoas que estavam presas à época dos acordos. Recursos retóricos, onde não se encontra, ali, substrato fático algum para instaurar uma ação penal contra quem quer que seja”.

Conforme acrescentou, “ será exposta, em todas as fases devidas do processo, a inocência plena do ex-governador, demonstrando detalhadamente a verdade, com provas e fatos, apesar de não ser um ônus seu e sim de quem o acusa”.
Por fim, defendeu “a defesa confia no Poder Judiciário para conter essa _blitzkrieg_ acusatória”.

Notícias relacionadas