menu

22/04/2019


Em Recife, Festival de Literatura faz conexão entre Brasil e Portugal

Com o propósito de celebrar a literatura e a arte, dois grandes nomes que fazem a cultura pernambucana e brasileira serão foco do 7º Festival RioMar de Literatura, no dia 26 de abril, a partir das 14h30, no Teatro RioMar. O conhecido jurista e escritor José Paulo Cavalcanti Filho e a desembargadora e escritora, atual presidente da Academia Pernambucana de Letras, Margarida Cantarelli, serão os homenageados. Como há uma ligação muito próxima dos dois escritores com Portugal, haverá uma conexão luso-brasileira em suas produções literárias com os dois países. Na programação, participação especial da atriz Fabiana Karla que, além de cantar, irá falar também sobre seu mais recente livro, e show com o cantor e poeta Petrúcio Amorim. A entrada será gratuita.

No início e nos intervalos de cada painel, a Dispersos Cia de Teatro apresentará textos dos dois homenageados e fará uma conexão entre Portugal e Brasil, países amados pelos escritores homenageados.

JOSÉ PAULO CAVALCANTI FILHO

Uma dos mais recentes livros escrito pelo acadêmico José Paulo Cavalcanti Filho, que recebeu prêmio a as melhoras referências sobre o poeta português Fernando Pessoa, atualmente traduzido para diversos idiomas, intitula-se “Fernando Pessoa, uma quase autobiografia” (vencedor de vários prêmios, incluindo o Jabuti, o da Bienal do Livro e da Academia Brasileira de Letras; em Portugal, O Dario Castro Alves; na Itália, o II Molinello).

O livro sobre Fernando Pessoa é uma das mais completas obras sobre o poeta, que faleceu aos 47 anos, mas permanece vivo na descrição precisa e detalhista do escritor, nesta produção literária que conseguiu descrever com sensibilidade os personagens que habitaram o imaginário deste imortal.

Também são obras de José Paulo: “Informação e poder”; “O mel e o fel”;  “Fernando Pessoa, o livro das citações”; “Somente a verdade” e “Adeus Penderama”.

MARGARIDA CANTARELLI

Uma das mulheres mais celebradas e admiradas no Brasil e Portugal, Margarida Cantarelli é presidente da Academia Pernambucana de Letras e, na sua gestão, tem movimentado a APL, com palestras, cursos e recitais. Juntamente com a equipe da APL, a escritora tem sido uma força na realização do Festival RioMar de Literatura. Entre seus livros estão “Rota Inversa, Descobrindo Portugal” e “Julgados e Escolhidos”, no qual a escritora revela com pleno conhecimento o contexto jurídico ou histórico de acontecimentos.

Margarida Cantarelli é mestra e doutora em direito, com cursos de especialização em relações internacionais no Instituto de Estudos Sociais, em Haia (Holanda), e em Direitos Humanos, no Colégio do México, entre muitos outros. Farão parte do painel sobre a escritora, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Luiz Alberto Gurgel de Faria, e a professora e ex-secretária de Edução de Pernambuco Creuza Aragão.

“Gutenberg deu a opção pelo livro impresso, hoje graças à tecnologia, a poesia, o romance, o conto, a crônica e, inclusive textos antigos, podem chegar com mais facilidade a um maior número de pessoas” destaca Margarida.

Notícias relacionadas