menu

Internacional

26/03/2018


Facebook pede desculpas nos jornais

Trazendo uma mensagem assinada por seu CEO, Mark Zuckerberg, o Facebook publicou um anúncio de página inteira em diversos jornais pedindo desculpas “por não ter feito mais”. Publicidade foi veiculada no Observer, New York Times e outros sete jornais anglo-americanos após escândalo do vazamento de dados da Cambridge Analytica e da sucessão de problemas causados por fake news na plataforma.

E mais

Sob o título “Facebook tenta acalmar anunciantes após crise da Cambridge Analytica”, o Wall Street Journal relata esforços da plataforma, inclusive reuniões com os grupos publicitários WPP e Omnicom.

Entre outros, já saíram ou suspenderam anúncios empresas como Tesla, Sonos e Pep Boys e o alemão Commerzbank. Os “grandes anunciantes”, acrescenta outra reportagem do WSJ, também miram o YouTube, do Google.

Brasil 247

Notícias relacionadas