menu

Nordeste

15/05/2020


Fim do Lockdown: Governo do Maranhão anuncia novas medidas restritivas

Medida será encerrada neste domingo (17), porém, voltará a entrar em vigor o decreto anterior que determina o confinamento obrigatório em todo estado do Maranhão

Após decisão judicial, o ‘lockdown’ (bloqueio total) será encerrado neste domingo (17) na Região Metropolitana de São Luís, que envolve além da capital maranhense as cidades de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Entretanto, a partir desta segunda-feira (18) voltará a entrar em vigor o decreto anterior ao confinamento obrigatório que abrange medidas em todo estado do Maranhão.

O anúncio da medida a ser praticada após o ‘lockdown’ foi feito pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) por meio de suas redes sociais. Dino adiantou ainda irá editar um novo decreto como medida de combate ao novo coronavírus.

Entre as principais medidas do decreto anterior ao lockdown estão o fechamento do comércio não essencial, a paralisação das aulas das unidades de ensino público e privado, o controle de acesso ao supermercados e farmácias, a suspensão de eventos de lazer, o fechamento de bares, restaurantes, que poderão funcionar apenas com serviço de entrega, a suspensão de eventos esportivos entre outros bloqueios a atividades não essenciais. Além disso, permanece a obrigação do uso de máscara em ambiente coletivo e segue proibida qualquer tipo de aglomeração.

Maranhão se aproxima de colapso
A taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI exclusivos da rede estadual para o tratamento da Covid-19 em São Luís segue se aproximando da totalidade e a capital maranhense está bem próxima de um colapso. Além disso, a ocupação de leitos de UTI no interior do Maranhão também vem tendo alta crescente e segue para o mesmo caminho.

Atualmente, dos 201 leitos de UTI da rede estadual, exclusivos para tratamento da Covid-19, apenas oito estão livres na capital maranhense. Esses dados foram divulgadas pela Secretaria Estadual de Saúde na noite desta quinta-feira (14) e um novo boletim vai ser divulgado na noite desta sexta-feira (15).

Neste panorama segue também a ocupação dos leitos clínicos da capital maranhense. A taxa também subiu bastante e já é de 93,79%. São 498 leitos ocupados dos 531 que a rede estadual possui.

No interior do estado os leitos de UTI tem taxa de ocupação que segue pelo mesmo caminho: 81,90%. Dos 105 leitos espalhados pelo Maranhão apenas 19 estão livres. Em relação aos leitos clínicos no interior do Maranhão são 268 leitos na rede estadual. Destes, 134 estão ocupados.

Na semana passada, o governo do estado publicou um decreto em que obriga os hospitais privados da Região Metropolitana de São Luís e de Imperatriz a informarem detalhes sobre a taxa de ocupação de leitos. A intenção é utilizar possíveis leitos livres pela rede estadual se necessário.

G1 Maranhão

Notícias relacionadas