menu

Pernambuco

15/10/2015


Funcionários da Petroquímica de Suape declaram greve

Funcionários da unidade de produção de PTA da Petroquímica Suape estão em greve. A paralisação atinge cerca de 80 dos 100 funcionários da empresa. "A paralisação dos funcionários é de 80%, mas a dos equipamentos é de 100%. A expectativa é de que a fábrica de PET pare por causa da falta de matéria­-prima a partir", disse a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Petroquímica de Ipojuca (Sindpetro), Júlia Renvenuto de Freitas.

Segundo ela, os 20 funcionários que permanecem em atividade são de empresas terceirizadas que prestam serviços à unidade fabril. Segundo o sindicato, a fábrica produz cerca de 500 toneladas diárias de resina PET. Os trabalhadores pleiteiam o pagamento de 30% do adicional de periculosidade, dentre outras reivindicações.

Notícias relacionadas