menu

23/04/2019


Gilmar Mendes condena “partido de policia” e o massacre do Judiciário

247 – O ministro Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, discursou no encerramento do segundo dia do VII Fórum Jurídico de Lisboa, nesta terça-feira (23). Sem citar nomes, Gilmar Mendes fez duras críticas ao que chamou de “partido da polícia” e afirmou que há um “massacre” do Judiciário nas redes sociais. Segundo ele, é preciso conter os “abusos que se perpetram” no Brasil.

“Não é difícil se transformar força-tarefa em milícia. É um passo, é a falta de limites. Assim se constrói o caminho para a desinstitucionalização. Temos que voltar à ortodoxia. Vamos respeitar aquilo que está no texto constitucional”, defendeu.

Notícias relacionadas