menu

Pernambuco

15/10/2015


Grupo Fernandes Vieira negocia venda do Santa Joana para Edson Bueno

O Grupo Fernandes Vieira, do Recife, está negociando a venda de seus dois hospitais, o Santa Joana e o Memorial São José, ambos localizados na capital de Pernambuco. O empresário Edson Bueno, fundador da Amil, está em fase final para aquisição do controle do hospital Santa Joana por uma cifra entre R$ 350 milhões e R$ 400 milhões. Já o Memorial São José é negociado pela Rede D´Or, que pode desembolsar de R$ 250 milhões a R$ 300 milhões, segundo o Valor apurou.

Os fundos americanos de private equity KKR e Texas Pacific Group (TPG) também fizeram propostas, mas o interesse era pela compra dos dois ativos.

Os hospitais pertencem aos irmãos Francisco Eustácio e José Aécio Fernandes Vieira – ambos médicos e detentores de fatias iguais. Segundo fontes do setor, na transação do Santa Joana, Aécio venderá sua fatia de 50% e Eustácio ficará com uma participação menor e permanecerá como sócio minoritário de Edson Bueno. O fundador da Amil já é dono de oito hospitais, que juntos tem um faturamento de cerca de R$ 1,5 bilhão.

Já no caso do hospital Memorial, a Rede D´Or tem interesse em adquirir a totalidade do capital do hospital. Mas essa transação não está num estágio tão avançado e pode esbarrar no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), uma vez que a Rede D´Or tem dois hospitais em Recife e um em Olinda. No entanto, pesa a favor da Rede D´Or o fato de que o número de leitos de seus três hospitais em Pernambuco corresponde à praticamente a metade do Real Hospital Português, complexo hospitalar de Recife com cerca de 800 leitos. O Memorial São José conta com 155 leitos.

Os hospitais Santa Joana e Memorial têm um faturamento conjunto de aproximadamente R$ 350 milhões, por ano.

Procurados pela reportagem, o Grupo Fernandes Vieira informou que não comenta especulações de mercado.

Valor Econômico 

Notícias relacionadas