menu

Rio Grande do Norte

28/08/2018


INarteurbana debate processos de intervenção nas cidades

Com o objetivo de debater os processos de intervenção artística urbana, será realizado hoje, a partir das 18h, na Capitania das Artes, o encontro “Design Regenerativo – Intervenção Urbana”, com a participação dos artistas Guaraci Gabriel (RN), Sayonara Pinheiro (RN), Camila Camiz (RJ) e Mário Broz (PE).

A ação é promovida pelo Projeto INarteurbana que selecionou 14 artistas originários de seis estados do Brasil, que estão compartilhando experiências com moradores da comunidade do Passo da Pátria.

Durante a ação na Capitania, murais estarão sendo produzidos voltados para o Rio Potengi, além de painéis artísticos que estarão expostos ao público na Capitania das Artes de 30 de agosto a 30 de setembro.

Um total de 14 artistas originários de seis estados do Brasil fazem parte do projeto: Camíz (RJ), Bones (RN), Bruno Malagrino (SP), Luna (PI), Discordia (SP), Bros (PE), Lelo (RJ), Coletivo Aboio (RN), Charles Lessa (CE), Pato (RJ) e Olívia AF (SP) que participarão ao lado dos artistas convidados, Marcelo Borges (RN), Lima (RN) e Bruno Otávio (RN).

O projeto INarteurbana é uma realização da associação franco-brasileira Pixo, e do ponto de cultura e residência artística Casa Vermelha, patrocinado pela Fundação Air France, com o apoio da Aliança Francesa de Natal, Consulado Geral da França em Recife, Instituto Francês, Prefeitura de Natal, Fundação Capitania das Artes, Prefeitura do Natal, SEMURB-RN, SETHAS-RN, Escola Municipal Mareci Gomes, Sherwin Williams, Mahalila Café e Livros, Jamad Madeiras e Ferragens, Identfix, Grupo de teatro Facetas, mutretas e outras histórias, Rádio comunitária e Grupo de idosos do Passo da Pátria.

Idealizado pelas produtoras Agathae Montecinos, Sayonara Pinheiro e Nizia Montecinos, o INarteurbana é um projeto sociocultural e transdisciplinar de ativação de espaços públicos através de ações artísticas. Através de ações regulares desde 2016, a ação tornou-se um ponto de encontro da cena da arte urbana nacional e internacional, principalmente através de residências artísticas promovidas pontualmente e que contribuem para a vida cultural da cidade e fortificam a relação entre públicos, artistas, agentes e instituições.

Tribuna do Norte

Notícias relacionadas