menu

Brasil

06/01/2015


Maduro chega à China para ampliar relações comerciais

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reúne-se hoje (6) com empresários chineses de diversos setores, em seu primeiro dia de viagem oficial à China.

Maduro, que chegou na madrugada de hoje (6) a Pequim, depois de uma escala em Moscou, iniciou logo de manhã vários contatos em reuniões separadas com empresários, informaram fontes da delegação venezuelana.

Das reuniões, com a presença dos principais integrantes da equipe econômica, participa ainda o presidente do Banco da China, revelou a ministra da Comunicação e Informação, Jacqueline Faría, em sua conta no Twitter.

Além de um encontro com o presidente Xi Jinping, Nicolás Maduro participa do Fórum China-Comunidade de Estados Latino-Americanos e do Caribe (Celac).

Destacando a visita como “muito importante”, o presidente venezuelano garante que está na China para “trabalhar em vários projetos”, em áreas tão diversas como a financeira, energética, tecnológica ou educativa, tudo para promover um “desenvolvimento integral”.

A Venezuela produz cerca de 3 milhões de barris de petróleo diariamente, dos quais 2,5 milhões são exportados para a China e os Estados Unidos, mas enfrenta, assim como outros países produtores, a queda do preço do petróleo.

 

(Da Agência Brasil)

Notícias relacionadas