menu

21/04/2019


Na Paraiba, WS explica com Willis Leal porque Gabeira veio conhecer Cabaceiras, “Roliude Nordestina”

Em novo Post, o Blog de Walter Santos explica com detalhes porque Fernando Gabeira veio fazer reportagem sobew Cabaceiras e a Roliude Nordestina.

Eis a seguir:

CABACEIRAS NA GLOBONEWS
Willis Leal explica porque Gabeira fez reportagem sobre “Roliude Nordestina”

Quem diria, até em ambiente rochoso, seco, tomado de pedras, dele pudesse haver sustento de mercado e de vida em pleno semi-árido nordestino onde menos chove no Brasil. Esta é a conjuntura que faz a base da reportagem do pensador Fernando Gabeira na Globonews deste domingo, a partir das 18 horas, levando Cabaceiras para o mundo.

Para entender tudo isso, fomos conversar com o inventor desta referência cultural e geográfica, ou seja, o escritor, jornalista, critico de cinema e produtor cultural Willis Leal revelou em conversa Exclusiva ao Portal WSCOM.

Willis foi na mosca ao interpretar que a reportagem produzida por Gabeira para a Globonews , repito, precisa ser interpretada por dois ângulos: um mercadológico e outro da natureza em si por Cabaceiras ser a cidade que menos chove no Brasil dai sua geografia de pedras.

MERCADO EM SI – O primeiro ângulo a ser observado é o mercadológico porque não esqueçamos o fato do Nordeste ser um grande produtor de filmes, desde Aruanda, País de São Saruê e Glauber Rocha, entre outros, dai a menção de “Roliude Nordestina” ter se credenciado facilmente em analogia ao que se refere aos Estados Unidos, afirmou.

Segundo Willis, além do mais “há mais de 30 anos que faço com enorme sucesso a Festa.do Bode Rei, aliás o evento com maior divulgação gratuita no Pais”.

ONDE MENOS CHOVE – O outro ângulo destacado por Willis é o fator geográfico e climático porque “Cabaceiras é a cidade que menos chove no Brasil dai sua natureza rupestre com muita aridez e pedra se transformando em beleza natural”.

Eis a síntese cirúrgica de Willis Leal, seguramente um dos mais inventivos paraibanos com conhecimento do mundo, através do mercado turistico e do cinema, aonde gravita como um dos mais importantes criticos.

Além de tudo tem aquele jeito relevante da abordagem profunda de Gabeira.
Nota 10.

 

 

 

 

Notícias relacionadas