menu

Brasil

10/10/2013


Pela 1ª vez, todas as universidades federais vão usar a nota do Enem

Educação

Neste ano, pela primeira vez desde que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado, em 1998, todas as 59 universidade federais irão adotar a prova como critério de seleção para os novos alunos.

Na maior parte delas, 43, o Enem substituirá completamente o vestibular, como é o caso da Federal do Rio de Janeiro e de Minas, duas das maiores do País. Nas outras 16, o exame terá outra forma de utilização, seja como composição da nota final, seja no lugar de uma das etapas de seleção ou até com a reserva de parte das vagas da instituição.

“Isso confirma o processo de consolidação que tem levado o Enem a se transformar em um vestibular nacional. Esse processo de adesão tem crescido na medida em que os problemas com a prova parecem ter diminuído”, explica o professor Ocimar Avalarse, especialista em avaliação da USP.

Além disso, acrescenta Alavarse, o uso do Enem como um vestibular nacional faz parte de uma política do Ministério de Educação (MEC). “Logo, é claro que há uma política de convencimento em relação às federais.”

Uma adesão benéfica para as universidades, desde que o exame transcorra com lisura. “A instituição economiza o que gastaria com a formulação e aplicação da prova”, conclui o pesquisador.

 

iG São Paulo

Notícias relacionadas