menu

Brasil

27/09/2016


PF apresentou “só presunções nada de provas” diz defesa de Palocci

A Polícia Federal apresentou "só presunções" contra o ex-ministro Antonio Palocci, preso nesta segunda-feira 26 pela 35ª fase da Operação Lava Jato, disse o advogado José Roberto Batochio, que defende Palocci.

Batochio contou ter assistido a coletiva de imprensa da força-tarefa da operação e avaliou que ela foi "absolutamente vazia, só presunções, só deduções, só imaginação, nada de provas".

Ele disse achar estranho que apenas nomes ligados a gestões petistas estão sendo presos. "Só os do PT são presos. É um fato difícil de explicar", declarou.

Ontem, o advogado já havia comparado a prisão com o período da ditadura militar, ao destacar que não teve acesso à acusação. "Ela (a acusação) é até o presente momento absolutamente secreta. No melhor estilo da ditadura militar. Você não sabe de nada, não sabe do que está sendo investigado. Um belo dia batem a sua porta e o levam".

Notícias relacionadas