menu

Piauí

07/01/2015


PI é incluído em dois planos de segurança do governo federal

Em audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na manhã desta quarta-feira (7), em Brasília, o governador Wellington Dias e a vice-governadora Margarete Coelho traçaram planos para a segurança do Estado do Piauí.

De acordo com o Wellington Dias , o ministro José Eduardo Cardozo, em nome da presidenta Dilma Rousseff, anunciou a inclusão do Piauí em dois importantes programas. “O primeiro, é o Comando Unificado de Segurança que vai permitir um plano de médio e longo prazo para que tenhamos uma estrutura moderna, eficiente e integrada entre Governo Federal e Governo Estadual na área da segurança. Isso permite que se tenha de um lado Polícia Militar, Polícia Civil, toda a estrutura penitenciária do estado e também Polícia Federal, Polícia Rodoviária, Força Nacional, ou seja, o que for necessário para a segurança”, declara.

O ministro autorizou, também, a inclusão do Piauí no Programa Brasil Seguro que adotará um conjunto de medidas a curto prazo para serem implementadas já esse ano, permitindo um Piauí seguro, com integração de equipes do Ministério da Justiça e de segurança do Estado.

“Ele (ministro) deu um prazo para que neste mês de janeiro, nós já tenhamos ações conjuntas nesta área da segurança atuando de forma planejada no estado. Teremos a sua equipe fazendo todo o planejamento e já adotando as medidas”, informou o governador.

José Eduardo Cardozo, declarou durante a audiência, que visitará o Piauí, no mês de fevereiro, onde deverá assinar os protocolos, as autorizações, enfim tudo que for necessário para a implementação do plano traçado de forma conjunta pelo Governo Estadual com o Governo Federal. “Então, como ele anunciou, a gente ter no padrão copa, como foi encaminhado, uma estrutura, equipamentos e as condições de atuação no estado do Piauí”, conclui Wellington Dias.

Notícias relacionadas