menu

Paraíba

15/05/2020


Prefeito de João Pessoa prorroga decreto de isolamento social por mais 15 dias

Segundo Luciano Cartaxo, quem vai decidir o momento certo de suspender o decreto de isolamento social é a própria população

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), anunciou nesta sexta-feira (15), a prorrogação do decreto que determina o isolamento social na capital paraibana. O novo decreto terá validade de 15 dias, inciando a partir da próxima segunda-feira (18), e mantém fechados todos os serviços não essenciais até o dia 01 de junho.

Cartaxo apontou a alta demanda na ocupação de leitos de enfermaria e Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) com pacientes infectados pelo novo coronavírus, assim como o baixo índice de isolamento social, sempre abaixo dos 50%, como motivos para prorrogação do decreto.

“Estamos prorrogando o decreto, ainda segundo os parâmetros do primeiro, por alguns objetivos. Primeiro estamos sentido que o isolamento social na cidade ainda está abaixo de 50% e a gente precisa chegar aos 70% como pede a Organização Mundial de Saúde e o próprio Ministério da Saúde. Segundo porque existe uma ocupação muito rápida de pacientes em leitos de enfermaria e UTI, pois, independente da quantidade de leitos que a gente abra, imediatamente eles também são ocupados. Então a gente tem tido uma evolução muito grande de casos na cidade”, disse o prefeito em entrevista ao programa Paraíba Verdade, da TV Arapuan.

A prorrogação afeta o funcionamento do comércio, feiras livres, liberação de praias, orlas e praças. As aulas presenciais da rede pública de ensino seguem temporariamente suspensas, assim como o transporte público, que continuará com linhas específicas para profissionais de saúde.

Sem flexibilização

Ainda segundo o prefeito de João Pessoa, quem vai decidir o momento certo de suspender o decreto de isolamento social é a própria população. “Estamos perto de superar mais de 1.500 casos na cidade, em nível de estado mais de 3 mil, então estamos percebendo que é necessário manter essas medidas de isolamento social e estamos renovando esse decreto. Quem vai decidir o momento da gente suspender esse decreto é o comportamento das pessoas, da população. Se estivéssemos fazendo um isolamento social onde tivesse perto da marca dos 70%, já teríamos suspendido o isolamento social, mas infelizmente isso não tá acontecendo”, afirmou Cartaxo.

O painel Covid-19 João Pessoa, que monitora os casos no município, mostra que a capital paraibana já registra 1.451 casos confirmados da doença e tem 4.101 casos prováveis. As recuperações somam 663 pessoas e 54 óbitos.

Notícias relacionadas