menu

Ceará

27/04/2016


Projeto de estudantes cearenses sugere jogo de ‘quadribol’ no espaço

E se as emoções de uma partida de quadribol do mundo de Harry Potter ocorressem no espaço? Estudantes do ensino médio fortalezenses tiveram essa ideia e desenvolveram o projeto The Silver Snitch, vencedor local da Nasa Space Apps Challenge, maratona internacional criada pela Nasa (Agência Espacial Americana). A ideia do desafio Space Recreation era pensar novas maneiras para que astronautas e cosmonautas usem seu tempo livre enquanto vivem a bordo de uma estação espacial internacional.

A equipe do Silver Snitch teve como inspiração o famoso jogo de quadribol da série de ficção Harry Potter. Eles desenvolveram um drone esférico que poderia servir como “pomo de ouro”. Além disso, com o robô, os astronautas poderiam fazer outros esportes ou brincadeiras como tênis e caça ao drone.

A equipe cearense foi formada pelos alunos do colégio Farias Brito Marcus Vinícius Holanda de Lima, Mariana Rêgo Gomes Alves, Erlenete Sousa, Luana Albuquerque, Aron Maciel, além de Bárbara Brandão, graduanda em Engenharia Mecatrônica pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

“O drone The Silver Snitch será equipado por ‘um conjunto de seis motores ligados a hélices que serão usados como propulsores, além de quatro sensores de velocidade e proximidade que permitirão que o robô se mova suavemente e identifique obstáculos sem colidir com a nave’, explica Marcos Vinicius.

Os vencedores irão representar o Ceará na competição global, que vai escolher ganhadores em cinco categorias para assistir ao lançamento de um veículo espacial no Centro Espacial John F. Kennedy (KSC), em Cabo Canaveral (EUA).

O Povo Online

Notícias relacionadas