menu

Piauí

29/04/2016


Seduc tinha servidores irregulares há 10 anos, segundo controlador

O controlador geral do Estado, Nuno Bernardes, afirmou em entrevista ao programa Piauí TV desta sexta-feira (29/04), que entre os servidores da Secretaria da Educação, havia pessoas que trabalhavam de forma irregular há mais de 10 anos. A constatação foi feita após a auditoria, realizada a pedido do próprio governador Wellington Dias, para encontrar mecanismos de reduzir o custeio da máquina.

Somente na Seduc, com a regularização da folha, será possível economizar até R$ 330 mil por mês.

O trabalho, realizado em parceria com a Sead, terá agora como alvo as secretarias de Saúde e Justiça.

Entre as irregularidades encontradas, três foram destacadas pelo controlador. A incompatibilidade de acumulação de cargos; nos casos onde há compatibilidade, a carga horária extrapola o limite legal; e os casos de servidores com mais de 75 anos, teto máximo para permanência no serviço público.

180 Graus

Notícias relacionadas