menu

Brasil

22/04/2016


Site da Anatel é alvo de ataque de hackers

A rede da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está sofrendo ataques de hackers desde a noite de quarta-feira (20) e sistemas importantes como o serviço de reclamações e homologação de novos aparelhos estão oscilando.

Infomações obtidas pelo Tecnoblog indicam que uma rede formada por computadores zumbis está sendo utilizada para aumentar o tráfego nos servidores da Anatel, que fica sem capacidade para atender todas as requisições.

Ataques acontecem alguns dias depois da Anatel ter se posicionado favorável à adoção de franquias de dados para venda de novos planos de internet fixa. Na segunda-feira (18), o presidente da agência, João Rezende, disse que a regulamentação da Anatel permite que as operadoras de internet fixa adotem um limite para o consumo.

“A Anatel não proíbe esse modelo de negócios, que haja cobrança adicional tanto pela velocidade como pelos dados. Acreditamos que esse é um pilar importante do sistema, é importante que haja certas garantias para que não haja desestímulo aos investimentos, já que não podemos imaginar um serviço sempre ilimitado”, afirmou.

MPF – O Ministério Público Federal (MPF) pediu na quarta-feira (20), estudos técnicos à Anatel para avaliar o impacto da proposta das operadoras de vender internet de banda larga fixa pelo modelo de franquias, e esclarecer a posição da agência ao modelo.

O MPF também questionou a adequação do modelo de pacotes limitados de dados ao Marco Civil da Internet e ao Código de Defesa do Consumidor. Para o MPF, a principal preocupação é que a adoção das medidas pode afetar milhões de brasileiros que usam a rede para estudos e trabalho.

Além disso, a entidade tem dúvidas se a franquia de dados fere o princípio da neutralidade de rede, que diz que todos os dados utilizados pelos internautas devem ser tratados da mesma forma pelas operadoras. A neutralidade da rede é um dos principais pontos do Marco Civil da Internet. 

JC Online

Notícias relacionadas