menu

Brasil

23/10/2013


STJ, MPF e TCE-DF atestam Link Data como empresa referência

DECISÃO JUDICIAL

O Superior Tribunal de Justiça emitiu certidão atendendo manifestação do Minist[erio Publico Federal atestando que a empresa Link Data, de Brasilia, não tem nenhum envolvimento com o caso “Caixa de Pandora”, como noticiado pelo site Clickpb, conforme documentos expostos pela empresa de informática atestando sua lisura no mercado, tanto que se mantém há anos atendendo ao STJ, STF, CNJ, diversos tribunais de Justiça e governos nos diversos níveis. Já o Tribunal de Contas do Distrito Federal mandou retirar qualquer citação envolvendo a empresa no caso investigado pela Policia Federal.

Conforme Atestado do STJ, “atendendo a pedido da interessada (Link Data), que consultando o relatório final da Policia Federal, encaminhado a esta Coordenadoria por meio de Oficio….do Ministério Publico Federal, relativo ao inquérito 650/DF, do qual é Relator o excelentíssimo Senhor Ministro Arnaldo Esteves Lima, corte especial e no qual figura, como Requerente, Ministerio Publico Federal dele não consta como indiciada a empresa LINK-DATA. O referido é verdade e dou Fé”.

Já o Tribunal de Contas do Distrito Federal decidiu prolatar decisão segundo a qual, baseado em farta documentação, seja retirada qualquer referencia da empresa Link Data com o caso “Caixa de Pandora”.

– Paragrafo 2) a 2ª ICE a retirada destge Processo da tarja relativa ä Öperaçao de Pandora”, em face do certificado de “nada consta”emitido pelo Superior Tribunal de Justiça à Fl 483 deste feito”.

POSSIVEL CAUSA DO ERRO GRAVE – Especialistas ouvidos argumentaram que a citação com erro grave de vinculo do nome da Link Data deve ter se dado por conta da existência de outras empresas com parte da nomenclatura levando setores da Midia ao equivoco de mencionar a empresa líder no mercado brasileiro, quando se tratava de outra companhia.

Diretores da Link Data disseram que vão buscar a reparação do dano causado, caso persista a insistência de citação equivocada da empresa.
 

Notícias relacionadas