Bahia

ONG aponta Feira de Santana como 9ª cidade mais violenta do mundo; Salvador é 28ª no ranking

Vitória da Conquista também está presente no ranking, na 20ª posição. Levantamento de instituição mexicana é feito e divulgado anualmente, há 13 anos.

A ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal apontou Feira de Santana como a 9ª cidade mais violenta do mundo. Entre os 50 municípios listados no estudo também estão Vitória da Conquista (20ª posição) e Salvador (28ª).

 

O Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal é uma das principais entidades internacionais no monitoramento de taxas de crimes violentos, segurança pública, narcotráfico e políticas de governo.

 

Para fazer o ranking, a instituição leva em consideração as taxas de homicídios de cidades com mais de 300 mil habitantes. O índice é calculado por número de homicídios a cada 100 mil habitantes. 

 

O levantamento é feito e divulgado anualmente, há 13 anos. Os dados desta lista são de 2020. O principal critério da instituição é usar informações que partam de fontes oficiais, como secretarias de segurança, ou dados de fontes alternativas, como jornais e portais de notícia.

 

No caso das cidades baianas, a ONG detalhou que os dados usados no estudo foram encontrados publicamente no site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

 

O estudo aponta um crescimento dos crimes de homicídio em Feira de Santana. Em 2017, por exemplo, a cidade estava em 15º lugar na lista, com índice de 60,23 homicídios a cada 100 mil habitantes. Agora, a taxa subiu para 67,46.

Salvador, por outro lado, caiu na mesma comparação. Em 2017, a capital baiana aparecia em 20º lugar, com índice de 54,71. Agora, em 28º, apresenta taxa de 46,80 – também por homicídios a cada 100 mil habitantes.

No ranking das 50 cidades mais violentas do mundo, o Brasil aparece apenas com municípios de seis estados nordestinos, além do Acre, que fica na região Norte do país. A Bahia é o estado brasileiro que mais aparece na lista, com três cidades.

Em seguida estão Rio Grande do Norte e Pernambuco, com duas cidades cada uma. Ceará, Alagoas e Piauí também estão presentes no estudo, com suas capitais na lista.

 

*G1BA

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp