Brasil

Padre bolsonarista ataca sistema eleitoral, Doria e Lula durante missa

O vídeo do padre Edison Geraldo Bovo, de Laranjal Paulista (SP), fazendo ataques ao governador de São Paulo, João Doria(PSDB), ao ex-presidente Lula e ao sistema eleitoral brasileiro surpreendeu quem foi à missa na Paróquia São Roque. No vídeo publicado nesta quinta-feira (10) pelo jornalista Eduardo Matysiak no Twitter, padre Edison diz, sem nenhuma prova, que o “sistema de voto é fraudável”.

 

“Nós estamos pagando para fazer propaganda mentirosa dizendo que é seguro. Não é seguro. Em nenhum país isso é seguro. Seguro é eu ir no mercado pegar meu tíquete e conferir”, continuou.

 

Após atacar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tem realizado inúmeras campanhas para dizer que sim, o sistema eletrônico de votação é confiável, padre Edison lançou uma série de ataques ao governador de São Paulo, João Doria, questionando o sistema de segurança pública do estado.

 

“Doria ama o seu povo? Quando que ele defendeu vocês? Quando na pior crise que nós precisávamos de polícia não tinha, porque só na frente da casa dele tinham 127 viaturas cuidando dele”, disse.

 

O padre ainda reforçou o discurso bolsonarista ao jogar para os governadores, a culpa pela queda da economia por causa das medidas restritivas para evitar o avanço da pandemia de Covid-19.

 

“Por que tanta gente está aí até hoje que não vai mais se recuperar na vida? Por causa do desinfeliz. Agora ele [Doria] quer ser presidente. E vocês vão votar?”

 

Ao final, padre Edison fez mais um ataque ao ex-presidente Lula, a que se referiu como “o maior ladrão que o mundo já viu”.

 

“Sabe quanto que nós pagamos pra dizer que ele é bonzinho? Derrotou, provou, tem documentação, devolveu, passou por três instâncias e agora é limpinho, inocente”, acusou.

 

O padre finaliza o discurso dizendo que o dinheiro dos fiéis foi usado para pagar o STF e advogados para dizer que ele [Lula] é inocente. “Vai se candidatar e muita gente vai votar”, concluiu.

Assista ao vídeo:


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp