Alagoas

Papagaios ameaçados de extinção que foram apreendidos pela PF chegam a Alagoas

Sessenta papagaios-chauás, espécie ameaçada de extinção, chegaram a Alagoas, nesta quarta-feira (8), e foram encaminhados para a sede do Instituto para Preservação da Mata Atlântica (IPMA), onde ficarão antes de serem reintroduzidos na natureza.

 

As aves, vindas de São Paulo, desembarcaram no Aeroporto Zumbi dos Palmares ainda durante a manhã. Elas foram apreendidas em operações deflagradas pela Polícia Federal e levadas para instituições que trabalham com conservação. De lá, vieram para Alagoas.

 

O momento em que os animais foram soltos no espaço destinado às aves, no município de Rio Largo, foi marcado por muita emoção. Lá, eles vão passar por uma série de avaliações de saúde. Também serão formados casais para futuros acasalamentos e preservação da espécie.

 

“Após todas as etapas concluídas, as aves serão reintroduzidas em matas preservadas das empresas parceiras. É um momento de muita importância, pois reitera o nosso compromisso com a política de proteção das espécies nativas e do meio ambiente”, declarou a secretária adjunta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Amélia Fernandes.

 

Além da pasta, a ação, que visa à proteção da espécie de ave ameaçada, conta com a participação do Ministério Público de Alagoas (MPAL); do Instituto do Meio Ambiente (IMA); do Batalhão de Proteção Ambiental (BPMA); Universidade Federal de Alagoas (Ufal;, da Universidade de São Paulo (USP); Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR); Instituto para Preservação da Mata Atlântica (IPMA); Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio/CEMAVE), e das empresas Usinas Coruripe, Caeté, Sumauma, Utinga e Grupo Luís Jatobá.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp