Bahia

Pesquisa Bahia: com apoio de Lula, Jerônimo Rodrigues salta de 6% para 33% e ameaça favoritismo de ACM Neto

Pesquisa telefônica do Instituto Opnus divulgada nesta segunda-feira (21) mostra que o favoritismo de ACM Neto para vencer a eleição estadual na Bahia está ameaçado.

 

ACM Neto (União Brasil) tem 65% das intenções de voto para ser eleito governador da Bahia. Na sequência aparecem o ministro João Roma (Republicanos), com 8%, e Jerônimo Rodrigues (PT), com 6%.

grafico

O cenário, porém, fica muito mais acirrado quando são considerados os apoios do ex-presidente Lula (PT), do atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), do pré-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) e de Jair Bolsonaro (PL).

 

Jerônimo salta dos 6% para 33% com o apoio de Lula e Rui Costa, ACM Neto fica com 41% com o apoio de Ciro e João Roma com 14%. Roma cai da segunda para a terceira posição quando apresentado ao lado do nome de Bolsonaro.

A candidatura de Jerônimo deve ser lançada oficialmente em 31 de março, segundo o jornal A Tarde, em evento com a presença de Lula.

grafico

Disputa presidencial na Bahia

 

A preferência do eleitorado baiano pelo ex-presidente Lula é clara. O petista tem 54% das intenções de voto, enquanto todos os outros candidatos somados têm 40%.

grafico

Senado

 

Na corrida pela vaga no Senado lidera o já senador Otto Alencar (PSD), com 27% das intenções de voto. O segundo colocado, João Leão (PP), aparece com 11%.

grafico

O levantamento, patrocinado pela Diamantina Rádio e Televisão, foi realizado por telefone entre 16 e 18 de março e ouviu 1.500 pessoas. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2,53 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os códigos: BA-01787/2022 e BR-07285/2022.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp