Brasil

PF faz operação contra dono da Precisa e da Global, que operou no governo Bolsonaro

247 – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (30) uma operação de busca e apreensão na empresa Global Gestão em Saúde, um dos alvos da CPI da Covid, em investigação sobre um suposto esquema de lavagem de dinheiro. É a terceira ação policial em duas semanas em endereços relacionados a Francisco Emerson Maximiano, dono da Global e também da Precisa Medicamentos, que está sob apuração na Comissão Parlamentar de Inquérito por conta de irregularidades na aquisição de vacinas contra a Covid-19.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, cerca de dez integrantes da PF e Receita chegaram pouco depois das 6h ao prédio da Global e da Precisa, na área nobre comercial da cidade de Barueri, na Grande São Paulo.

Investigadores apuram a suspeita de lavagem de dinheiro com a movimentação que, de acordo com delação premiada, foi de R$ 3 milhões a R$ 4 milhões (em valores da época) entre 2014 e 2016.

A ação está sendo feita em parceria com o Ministério Público Federal e com a Receita.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp