Piauí

Piauí supera média nacional de pessoas imunizadas contra a Covid

No Brasil, 69,29% da população está totalmente imunizada, enquanto no Piauí 76,68% da população está completamente vacinada.

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informou, nesta quinta-feira (27) que o Piauí superou a média nacional de pessoas imunizadas contra a Covid-19, com 76,68% da população do estado completamente vacinada. No Brasil, 69,29% da população está totalmente imunizada.

No país, 76,20% da população tomou apenas a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Dado também superado pelo Piauí, de acordo com o vacinômetro da Sesapi, que aponta a cobertura vacinal de 84,17% para a primeira dose.

 

“Os números que o estado apresenta demonstram a seriedade e o compromisso que o nosso estado tem para com a saúde pública, não só do nosso estado, mas do nosso país”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Florentino Neto.

 

O superintendente de atenção básica a saúde e municípios, Herlon Guimarães, afirmou que as pessoas devem continuar buscando os imunizantes, garantindo assim o avanço da vacinação no estado e maior segurança e saúde para os piauienses.

“Temos que parabenizar a população por atender o nosso chamado para a busca pela vacina, mas ao mesmo tempo precisamos chamar a atenção para o enfrentamento porque a pandemia ainda não acabou, então as pessoas que ainda precisam receber a dose dois ou o reforço devem procurar os serviços de saúde municipais para entender o cronograma de vacinação e completar seu esquema vacinal”, declarou.

O superintendente chamou atenção ainda para a questão das variantes que podem surgir com o número reduzido de pessoas vacinadas, sendo dessa forma a vacinação a melhor medida para frear a pandemia.

“Não deixem de tomar a vacina. Os números diários mostram que enfrentamos nesse momento uma variante com grande transmissibilidade. Ter a população imunizada garante uma maior segurança para todos”, afirmou.

O secretário de Saúde destacou que além de buscar a vacinação as pessoas devem manter os cuidados e as medidas higiênico sanitários.

“Avançamos bastante durante esse primeiro ano de vacinação, mas a batalha ainda não acabou. As pessoas precisam manter os cuidados como o uso de máscaras, álcool em gel, lavagem das mãos e distanciamento”, disse Florentino Neto.

Segundo Florentino, este é um ano crucial para vacinar toda a população e avançar ainda mais para um momento sem pandemia.

“Mas precisamos da colaboração de todos: mantenham as medidas higiênicas e busquem a vacina, dessa forma podemos vencer a pandemia”, pontuou o secretário.

 

*g1pi


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp