Maranhão

Polícia Civil prende grupo criminoso que planejava sequestro em Raposa, no Maranhão

Quatro suspeitos foram detidos em flagrante em operação da Polícia Civil, no município de Raposa, na segunda-feira (9). Os presos integravam grupo criminoso que já vinha sendo procurado pela polícia e arquitetavam um sequestro a comerciante do município. A operação foi coordenada pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e Seccional Oeste.

 

O titular da SPCC, delegado Carlos Alessandro Rodrigues reforça que a operação conseguiu desestabilizar a atuação dos criminosos. “Este grupo criminoso já vinha sendo investigado por ter cometido vários roubos a residências, a estabelecimentos comerciais e, também, as ‘saidinhas’ bancárias na Raposa”, explica o delegado.

 

As equipes policiais identificaram a chegada de um veículo Hyundai HB20, de cor preta, nas proximidades dos comércios de pescado. Ao realizarem a abordagem, surpreenderam os quatro indivíduos que estavam portando duas armas de fogo – uma pistola .40 e um revólver 38 – ambas com numeração raspada e completas com munição.

 

No veículo, a polícia encontrou ainda todo o planejamento da ação criminosa escrito em papel. Foi constatado que os assaltantes pretendiam restringir a liberdade da vítima e acessar os aplicativos de internet banking, de onde os valores seriam transferidos mediante PIX para outra conta. Os suspeitos detidos vestiam camisas manga longa e estavam prontos para cometer o crime.

 

“Vale ressaltar que, dois dos indivíduos presos já eram foragidos da justiça, pois tinham mandados de prisão em aberto pelo cometimento de crimes de roubo. Portanto, a prisão deles representa a retirada deste grupo da Raposa e, certamente, a redução dos casos criminosos que praticavam naquela cidade”, frisou o delegado Carlos Alessandro Rodrigues.

 

Para denúncias, a Polícia Civil disponibiliza o número de WhatsApp (98) 98418.5661, para que a população, sendo garantido o total sigilo do denunciante.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp